As piores características dos funcionários dentro da organização.

O mundo nas empresas está em um universo mais complexo e muito mais abrangente, também conhecido por muitos como: mundo corporativo. Já foi constado que “os profissionais são contratados, principalmente, pelas suas competências técnicas e são demitidos pelas suas competências comportamentais”.  No universo corporativo, concluímos que a maioria dos profissionais são demitidos porque não se comportam da maneira adequada na empresa.

BAIXO COMPROMETIMENTO:

Ocorre quando o colaborador não se envolve com a meta da empresa, pensando apenas em sua meta individual. Um profissional comprometido preocupa-se em ajudar os colegas (sabe trabalhar em equipe), esta sempre disponível (solícito) e possui um incrível “brilho nos olhos” que motiva não apenas os colegas, mas seus líderes também. Esse é o profissional que é o primeiro a ser lembrado quando surge o assunto “promoção”.

FALTA DE BOM SENSO:

Isso é prejudicial não só a carreira, mas a saúde física e mental. O profissional que não possui bom senso causa desarmonia na equipe, mal estar entre colegas de trabalho e inclusive os nos próprios líderes. O primeiro passo para ser um profissional melhor é, sem dúvida, desenvolver o bom senso. Basta você pensar: isso que estou/vou fazer, eu gostaria que fizesse comigo? Se a resposta for não, então NÃO FAÇA!

MUDANÇA DE HUMOR:

Mudança de humor gera desconforto na equipe, pois os colegas de trabalho nunca sabem se você está ou não de bom humor. Pessoas que chegam de manhã e logo que recebem um recado ou solicitação do chefe e ficam de mal humor, são extremamente difíceis de lidar e seus líderes não conseguem estabelecer uma relação de confiança.

PARANÓIA:

Existem aqueles colaboradores que possuem mania de perseguição e acreditam que o “pessoal estão falando deles” está sempre bloqueando sua atividades ou mesmo impedindo que ele(a) bata a meta! Quem vive desconfiado dos outros perde muito tempo pensando em maneiras de se proteger, o que atrapalhar a produtividade e seu resultado!

MANIPULADOR:

O colaborador que possui essa característica é extremamente habilidoso e pode causar um estrondoso abalo à equipe, caso a liderança não consiga identificar com brevidade. Tem forte habilidade de relacionamento com a empresa toda e sabe fazer um ”social” muito bem! Pode até ser visto como competente, mas ele só pensa no seu objetivo. Para alcançá-lo, este colaborador é capaz de manipular os outros em benefício próprio.

INSATISFEITO:

É muito fácil reconhecer um colaborador insatisfeito. Ele reclama de tudo e de todos e adora apontar falhas na empresa, nos colegas e principalmente no chefe. É evidente que seu trabalho nunca esta errado, ou seja, os outros sempre é que estão. O erro deste profissional é acreditar que a empresa deve se adaptar a ele e não ele se adaptar a empresa.

CUIDADO! O péssimo colaborador prejudica toda a equipe!

Espero que  essas dicas o ajude a ser um profissional melhor a cada dia. Lembre-se que são de pequenos atos que uma grande carreira é construída, colhemos o que plantamos! Se você se identificou com um ou mais destes profissionais, transforme-se! Nunca é tarde para mudar.

Muito sucesso e Bom trabalho.

Rogério Benche

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.